Blog

Cuidados com seu cão no calor intensoMesmo que seu cachorro adore ficar do lado de fora, deixe as brincadeiras mais agitadas para depois do pôr do sol. Isso reduz o risco de insolação, especialmente para cães que estejam acima do peso. Se você mora em uma região muito quente, procure passear com seu cão antes das 9h e depois das 18h. Lembre-se que seu cão acaba sentindo muito mais calor, pois recebe todo o aquecimento que vem do chão/asfalto. Mantenha sempre seu cão hidratado: jogando frisbee no parque ou descansando no quintal, você deve ter muita água disponível para seus cães. Opções como tigelas de água dobráveis são fáceis de colocar em mochilas para passeios de carro. Observe os sinais de superexposição: cães ofegam pra se refrescar. Se você notar que ele está muito ofegante, leve seu cão para um local fresco e ofereça muita água. Proteja os cães que tem focinhos curtos: alguns cães sofrem riscos de doenças relacionadas ao calor. Qualquer cão de focinho achatado - boxer, buldogue inglês, buldogue francês, pug, boston terrier. etc - tem o que chamamos de síndrome braquicefálica. Em função dos narizes curtos, eles têm menor área de superfície e traqueias menores do que o normal. Considere a tosa: se seu cão tem uma pelagem pesada, pense na possibilidade de fazer uma tosa no verão para ajudá-lo a enfrentar o calor. Fonte: Tudo sobre cachorros
Compartilhe
Voltar para Postagens
2019 © Churraspet. Desenvolvido por UnionCom.